taça com vinha

Meu irmão adora vinho …

Meu irmão e eu

Meu irmão não queria nascer … minha mãe ficou muitas horas em trabalho de parto.

A parteira tentava, ajudava, mas nada … o mundo não lhe parecia algo tentador

… e meu irmão não queria vir

  • minha filha, traga um copo de vinho … rápido …
  • tá aqui … é para a dona cegonha, mãe?
  • me dá aqui.

E a mãe saboreou – num gole – todo o vinho e relaxou.

Meu irmão nasceu … e até hoje … ele adora vinho.

Vinho e flavonoides

A ingestão diária e moderada de vinho pode promover a saúde e prevenir o risco de incidência de doenças do coração e certos tipos de câncer. No entanto, não deve ser considerada como tratamento para pessoas que já desenvolveram essas enfermidades.

Segundo as pesquisadoras Maria Eugênia de Oliveira Mamede e Gláucia Maria Pastore, em artigo publicado na Biblioteca Digital de Periódicos da Universidade Federal do Paraná, a capacidade antioxidante dos compostos fenólicos está diretamente ligada à sua estrutura química, a qual pode estabilizar radicais livres. Pois, esses participam de processos degenerativos celulares que provocam a aterosclerose, câncer e outras doenças.

O vinho tinto pode ser mais eficaz no combate à essas doenças, provavelmente devido ao maior número de compostos fenólicos como a catequina e o ácido gálico.

Ouro Fino

E até hoje somos próximos, entre os muitos passeios, Ouro Fino foi uma bela viagem em família … agora maior, com conjuges e sobrinhos e cunhadas … eta família que cresce!