Sabedoria e Mudanças

Tem uma histórinha de auto-ajuda sobre Sabedoria e Mudanças, que costumo escutar. E que gosto muito, pois me faz refletir.

O Mundo, embora cheio de alegrias, também oferece deformidades, com quais vamos esbarrando no nosso cotidiano.

Lembro de um seriado, em que o mocinho chorava nos braços da mãe, pois sua namorada tinha sido raptada. Ele se sentia impotente, porque tinha que esperar e esperar o desenrolar dos fatos.

Malhação

A atriz era a Paloma Duarte em uma das séries de Malhação: Toda Forma de Amar.

E o rapaz – Pedro Novaes – chorava e a mãe o afagava … e mais uma vez, escutei sobre Sabedoria e Mudanças.

Sabedoria e Mudança

Carinhosamente, a mãe dizia: Meu filho, o Mundo que sonhamos é diferente do Real.

Mudar

Sempre que possível, devemos mudar as situações para melhorar a nossa volta. E essa mudança, quando positiva, como ondas que se afastam, vão transformando e promovendo uma vida melhor.

Aceitar

Porém, devemos aceitar aquilo que não podemos mudar. A polícia já foi avisada e as autoridades já estão trabalhando. Cabe a nós, esperar. Vamos descansar, para em breve recebermos a Rita de volta. Rita era o nome da mocinha que tinha sido raptada.

Sabedoria

Esta parte – Sabedoria – dessa contação popular, eu nunca houvira. Foi a primeira vez.

E realmente fiquei encantada. Essa era a questão, que sempre me incomodava no dilema entre Mudar e Aceitar.

A mãe, afagando a cabeça do filho, continuou …

Meu filho, agora vamos pedir a Deus: Sabedoria, para identificarmos, o que devemos Mudar e o que devemos Aceitar.

Sabedoria para Mudar

Reflito sempre sobre o Mudar e o Aceitar. Principalmente, quando num grupo aparecem opiniões, as quais acho absurdas.

Quando era mais jovem, eu entrava numa celeuma para defender meu ponto de vista. Mas hoje, eu me pergunto: será que vale a pena?

Faço então, quatro (4) considerações:

  1. Todos têm direito ao seu ponto de vista e devo respeitar isso.
  2. Estou longe de ter toda a sabedoria do Universo, porque eu deveria estar certa? Porque tenho mais idade? Por que, talvez, minha escolaridade seja maior? Talvez pensasse isso na juventude. Entretanto, a vida me presenteou com pessoas infinitamente sábias, com quase nenhuma escolaridade. E as pérolas das crianças … quantas reflexões elas nos oferecem? Portanto: fujo da definição de quem está certo ou errado.
  3. Mas, e se a questão e muito absurda e vai contra tudo que a ciência prega? Momento difícil. Principalmente, quando estas afirmações vem de pessoas influentes, que com suas falas prejudicam, quem neles acredita. Esta situação, realmente faz eu me sentir impotente. O que faço? Procuro compartilhar notícias relevantes de fontes seguras, como da Unifesp e da Fiocruz. Pois, quem sabe será uma semente que nascerá em algum coração. É uma esperança.
  4. Vale a pena participar desta conversa ou grupo? Assim, tento mudar o rumo da conversa. Se não conseguir, então me afasto.

Mudando o Rumo da Prosa

Já faz duas décadas aproximadamente. Estava tomando inalação em um pronto socorro, pois a bronquite me atacara em uma visita a um sítio de amigos.

A enfermaria tinha uns seis (6) pontos de inalação. Eram uns bancos pouco confortáveis, onde sentavam pacientes e seus acompanhantes.

A conversa corria solta e na minha opinião, era horrível. Já esqueci os assuntos, mas lembro que eram fortemente negativos e deprimentes.

Tive vontade de sair correndo. Mas era impossível, pois tinha que conseguir respirar primeiro.

Então, fechei os olhos e pedi ao Universo que o ambiente se transformasse. Pedi que as energias pesadas fossem substituidas por bons fluídos.

Acho que apaguei por uns instantes … pois, de repente, percebi, que a conversa fluia agradavelmentegratidão!

Imagem padrão
Maria Rita Hurpia
Artigos: 28